22 nov 2016
3 Comentários
Organização

Pare de Adiar suas Tarefas!

Está aí o grande inimigo da organização: a procrastinação.  Deixar as tarefas para depois é um mal que muitos de nós cometemos, não é mesmo? Só para você ter uma ideia, cogita-se que 80 % das pessoas procrastinam com certa frequência e, como consolo, provavelmente 99% devam procrastinar de vez em quando. Para evitar esse grande inimigo, a nossa convidada Thais Godinho, do Vida Organizada, dá algumas dicas eficientes abaixo:

 

procastinacao

 

por Thais Godinho

Uma das coisas que eu mais ouço de participantes em cursos, eventos ou mesmo leio em comentários no blog, é que as pessoas têm dificuldade com a questão da procrastinação. Se você não sabe o que é procrastinar, é simples: quando você adia tarefas, não consegue se motivar para executá-las, é porque você está procrastinando. E, quando isso acontece, pode ser que você se sinta frustrada e com um sentimento de impotência. “Por que não consigo realizar as minhas tarefas?”. Se você pensa assim, pega minha mão e vem comigo nesse texto.

No geral, existem dois motivos pelos quais as pessoas adiam tarefas:

  1. A tarefa não está clara o suficiente
  2. A tarefa é grande demais e você não sabe por onde começar

Se você tem uma lista de tarefas onde os itens se parecem com a lista abaixo, pode entender o que eu quero dizer com uma lista de tarefas que não estão claras:

  • mãe
  • pneus
  • clube
  • contas do mês
  • cachorro
  • campanha
  • halloween
  • armário da cozinha

Uma lista de tarefas claras mostra exatamente o que deve ser feito, de modo que, se você acordar às 5h da manhã como um zumbi, ainda assim você saberá o que tem que ser feito. Veja abaixo a lista refeita de maneira mais clara:

  • Organizar jantar de aniversário para a mamãe
  • Trocar pneus do carro
  • Fazer matrícula no clube do bairro
  • Pagar as contas do mês
  • Adotar um cachorro
  • Planejar campanha de marketing para o primeiro trimestre
  • Instalar novos armários na cozinha

Não fica muito mais claro o que você precisa fazer? Ter uma lista clara é o primeiro passo. Então, antes de escrever ou inserir em seu gerenciador de tarefas, pense sobre o que deve ser feito. Qual o resultado desejado? O que você efetivamente quer fazer?

Outra coisa que você deve ter percebido é que poucas as tarefas acima não são atividades que você resolve de uma única vez. Se você inserir dessa forma em sua lista de tarefas, a tendência realmente será procrastinar porque seu inconsciente não sabe por onde começar. E, tudo que é difícil, a gente deixa de lado (é normal do ser humano! sinta-se abraçada). A recomendação aqui é destrinchar o quanto puder.

“Organizar festa de aniversário para a mamãe”, por exemplo, pode ser destrinchado em:

  • Ligar para a minha irmã para perguntar se ela pode providenciar o bolo
  • Comprar copos e pratos descartáveis no mercado
  • Ligar para o papai e pedir para ele trazer a mamãe de surpresa na quinta
  • Ir ao shopping comprar uma blusinha de presente
  • Arrumar a sala um dia antes

Perceba como cada uma dessas sub-tarefas são mais simples e mais fáceis de se fazer do que simplesmente “organizar festa de aniversário para a mamãe”. À medida que você vai executando cada uma das coisas, consegue riscar da lista a tarefa principal. Sempre que você puder destrinchar uma tarefa, por mais bobos que pareçam os passos, o faça. Porque, quando o que precisamos fazer é simples, rápido e fácil, a tendência de deixar para depois é muito menor.

A tarefa pode ser grande, difícil, chata. Você pode (e provavelmente tem) mil coisas para fazer e nunca sobra tempo. Você pode não se considerar organizada suficiente. Você tem preguiça. Te interrompem o tempo inteiro. Você precisa de mais informações. Não está com vontade de fazer nada disso. Não é urgente. Etc.

Se você se identificou com uma das desculpas acima, saiba que o primeiro passo é reconhecer a sua situação. Perceba que absolutamente todas as pessoas no mundo passam por problemas semelhantes. Por que algumas fazem as coisas e outras não? “Elas têm disciplina”, você pode responder. “Eu não tenho, sou um fiasco!”. Pegue leve consigo mesma. Você não é um fiasco – apenas não aprendeu a melhor maneira de planejar as coisas.

Se para tudo o que você quiser ou precisar fazer, você seguir os passos acima (tornar claro e destrinchar em mais sub-tarefas), vai ser mais fácil saber como aproveitar o seu dia a dia. Inclusive, você pode organizar as suas listas de coisas a fazer pelo lugar onde você está. Coisas para fazer em casa, coisas para fazer na rua, coisas para fazer quando estiver ao computador e por aí vai. Isso facilita a execução das tarefas porque você não precisa ficar pensando em como aproveitar cada momento do seu dia.

Um dos grandes segredos de uma vida organizada é você lidar com as coisas importantes quando elas aparecem, não quando elas explodem. Se você sempre trabalhar em cima apenas do que for urgente, sendo uma pessoa reativa, as coisas importantes ficarão de lado até que algo finalmente exploda. E isso não é legal. Talvez você até tenha exemplos para compartilhar a respeito.

Algumas dicas finais para fazer o que você precisa ou quer fazer sem procrastinar:

  1. Faça as tarefas mais importantes de manhã, de preferência após seu ritual matinal de tomar café, fazer exercícios e outras atividades básicas. Se você conseguir concluir as tarefas mais importantes do dia antes da hora do almoço, isso é um verdadeiro triunfo e te dará tranquilidade para o resto do dia. Experimente!
  2. Crie motivações que funcionem, como descansar 30 minutos quando finalizar essas tarefas importantes ou assistir um capítulo da sua série preferida apenas quando terminar determinada tarefa. Essas pequenas coisas fazem diferença porque o ser humano é naturalmente competitivo.
  3. Alterne períodos de trabalho com períodos de descanso. Se você estiver cansada demais para fazer qualquer coisa, descanse. Porém, se já descansou o suficiente, aprenda a perceber isso e volte para as suas tarefas.

Até o próximo post!

 

Thais Godinho

 

Thais Godinho é apaixonada por organização pessoal e produtividade. Especialista no método GTD, é responsável pelo produto no Brasil dentro da Call Daniel, franquia oficial e exclusiva da metodologia no país. É autora do livro Vida Organizada (2014) e do blog com mesmo nome, que existe desde 2006. Tem como missão inspirar as pessoas a se organizarem para que tenham mais qualidade de vida.

Aproveita para conhecer mais sobre o trabalho dela:
Blog Vida Organizada: www.vidaorganizada.com
Instagram @vidaorganizada
Gostou? Compartilhe:
3 Comentários
Deixe seu comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com

3 Comentários
  1. Nilce de Oliveira Gonçalves

    Amei as dicas, sou especialista em procastinar.

  2. Thamy Silvia

    Eu estou no processo de começar a me organizar. Tenho listas na mochila, na mesa do trabalho, na cômoda em casa onde eu faço o ritual matinal de pegar as pulseiras, por o brinco… E tenho tentado fazer tudo na mesma hora.
    Acompanho os dois blogs e tem me ajudado muito.

  3. muito legal a matéria Pasta plastica A4