05 mar 2013
14 Comentários
Maternidade

Como incentivar o trabalho da família na casa

Para organizar uma casa e ter resultados sempre satisfatórios, a família precisa participar. É como diz o ditado: a união faz a força. Você não imagina o quanto! O que adianta organizar um cômodo e depois de algumas horas (ou minutos) a bagunça voltar? Dá um desânimo total… Se em sua casa a organização não acontece por falta de ajuda, está na hora de adotar alguns métodos para todos contribuírem na organização da casa.  Afinal, a divisão das responsabilidades é uma demonstração de apoio, carinho e respeito recíprocos. Para começar, escreva em uma lista o que deve ser feito e escolha uma das soluções abaixo:
 
 
 

1- Use uma lousa para fazer uma lista de tarefas todo sábado de manhã e peça a cada membro da família para escrever o próprio nome diante da tarefa que prefere. Deixe bem claro que, se eles não escolherem suas tarefas, você vai designá-las.
 
2- Escreva uma lista das tarefas de rotina que precisam ser feitas diária ou semanalmente e separe-as por categoria: arrumar a cozinha após as refeições, lavar roupas, passar aspirador, tirar o pó dos móveis, recolher o lixo e varrer o quintal, por exemplo. Em seguida, designe algumas delas para cada membro da família durante uma semana. No fim desse período, faça um rodízio das tarefas.
 
4- Crie uma “rifa”para motivar as crianças. Escreva as tarefas em pedaços de papel e designe um prêmio ou pontos para cada uma. Ponha os papéis numa jarra grande e, uma vez por semana, convide seus filhos a “sortear” uma tarefa. Marque na lousa os prêmios ou os pontos de cada um. Se a ideia agradar, promova um “torneio de pontos”: dez pontos, por exemplo, valem um passeio ou um cinema. Essa é uma boa maneira de ensinar às crianças que tarefas adicionais significam prêmios adicionais.
 
5- Dê um cesto ou um saco plástico para cada criança. Ajuste um alarme para tocar em 30 segundos e verifique quem é capaz de recolher o maior número de coisas espalhadas até o alarme soar. Marque o “placar”e dê uma recompensa ao vencedor.
 
Para quem não tem filhos
 
6- Elabore uma lista de tarefas rotineiras, peça a seu parceiro que escolha aquelas que está disposto a executar e faça o mesmo. As tarefas que nenhum dos dois gostam, devem ser feitas em rodízio. Outra opção: cada um faz sua lista e depois ambos negociam as tarefas que ficaram fora das duas listas. Nesse processo, vai descobrir que seu parceiro não se importa de fazer uma tarefa que você detesta e vice-versa.
 
Lembre-se: Para que tudo dê certo, uma dose de comprometimento é fundamental e o diálogo sempre ajuda. O mais importante é aceitar as diferenças e entrar em acordo sobre o que é ou não justo. 
“Quando a família divide as responsabilidades, há mais tempo e mais energia para dedicar um ao outro.”


Ficarei torcendo aqui!




Gostou? Compartilhe:
14 Comentários
Deixe seu comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com

14 Comentários
  1. Adorei as dicas
    Fiz um link do seu artigo no meu blog!!
    bjs até mais

  2. Nem me fale Rafaela, costumo dizer q trabalho para um quartel, rs. Sou eu contra 3 homens, que comem muuuuuuuito, sujam muuuuuuito e bagunçam mais ainda. Já tentei de tudo, mas não adianta, eles nunca estão com tempo suficiente pra colaborar, fica aí torcendo porque continuo tentando, rs.
    Mudando de assunto quero dizer q nesse fim de semana, recebi a revista minha casa e adorei te ver por lá…. seu escritório está lindo,bjs.

    • Ah Anita que pena, mas tente pelo menos, vai que uma hora dá certo, né? Quem bom que gostou da matéria, eu fiquei muito feliz de estar lá tb rss! Obrigada pelo carinho, bjinhos

  3. Perfeito!! Ótimas dicas. Obrigada!!

  4. Anonymous

    ahhh isso não funciona lá em casa, infelizmente meu maridinho é muito ocupado e ainda preguiçoso.. afffffff…. acho que devo contar com minha filhota de 04 aninhos..rsrsr.
    bjos. gostei das dicas, parabéns! ELIZANA.

    • kkkkkk, esses homens de hoje dia são fogo, né? Mas não deixa não, pois acaba ficando muito cansativo para uma pessoa apenas fazer…Ainda bem que tem sua filhinha e nessa idade elas adoram ajudar, aproveite rs! Bjinhos

  5. Realmente essas dicas são boas.
    Temos que dividir desde que as crianças são pequenas, aqui em casa na hora de recolher os brinquedos e só reclamação…kkkk

    • É isso mesmo desde pequenos, dá um pouco de trabalho, mas depois eles acabam se acostumando com a tarefa diária de guardar os brinquedos. Insista e veja o que dá, bjinhos

  6. Adorei as dicas parabéns pelo Blog estarei sempre aqui espiando um beijo sucesso…

  7. perfeito obrigado pelas dicas